Microagulhamento no tratamento da alopecia areata?



O microagulhamento é um procedimento minimamente invasivo no qual pequenas agulhas são passadas sobre a superfície cutânea.


Já existem evidências em relação a eficácia da técnica no tratamento da alopecia androgenética (calvície).


Em artigo científico recente, autores revisaram a literatura médica sobre o uso do microagulhamento (microneedling) em pacientes com alopecia areata, doença de caráter auto-imune que mais comumente gera pequenas falhas nos cabelos, mas que em alguns casos leva a perda de todos os cabelos e pelos do corpo.


Evidências obtidas a partir de estudos em animais sugerem que o método leva a liberação de fatores de crescimento que permitem o desenvolvimento e o correto funcionamento dos folículos pilosos.


Os autores também mencionam dois estudos em que o microagulhamento foi usado em pacientes com alopecia areata em conjunto com uma aplicação de corticoide tópico. Este último era aplicado imediatamente antes do microagulhamento, o qual possivelmente aumentou a penetração da medicação.


Os autores ressaltam que a eficácia do método em relação ao tipo de alopecia areata apresentada pelo paciente (placas x totalis x universalis) ainda precisa ser avaliada.


Referência:

An Overview of the Biology of Platelet-Rich Plasma and Microneedling as Potential Treatments for Alopecia Areata

Dr. Rodrigo Pirmez
CRM 5289677-2 | RQE 21413
Posts Recentes
Arquivo
Tags

Pirmez Dermatologia

Rua Visconde de Pirajá 330, sala 712, Rio de Janeiro, RJ    |    Tel 21 2018-2180    |    21 99284-4518