Calvície Masculina (alopecia androgenética)

A alopecia androgenética masculina (calvície) é o tipo de queda de cabelo mais comum nos homens e a sua incidência aumenta com a idade. Alguns estudos apontam que 80% dos homens com mais de 70 anos de idade serão afetados por algum grau de calvície.

O que acontece com o cabelo na calvície?

Os cabelos dos pacientes afetados pela alopecia androgenética masculina vão ficando cada vez mais finos e curtos com o passar dos anos. Eles se tornam miniaturas dos cabelos originais, parecendo pequenos pelos finos e claros. Não é à toa que esse processo é conhecido como miniaturização folicular.

deletar.jpg

Esse processo é induzido pelo hormônio masculino conhecido como DHT (dihidrotestosterona). No entanto, nem todos os cabelos têm a mesma sensibilidade a esse hormônio. Na maior parte dos homens, os cabelos da região das entradas e da coroa são os mais sensíveis, o que explica esse padrão de perda dos cabelos tão conhecido pelos homens.

Captura de Tela 2022-07-08 às 17.17.51.png

Um segundo padrão de perda de cabelos pode ocorrer em um percentual menor dos homens. Neste grupo, a calvície ocorre especialmente na região do topo do couro cabeludo.

Captura de Tela 2022-07-08 às 17.18.09.png

Por que o homem desenvolve calvície?

A principal causa certamente é a predisposição genética. No entanto, alguns fatores podem agravar a calvície. O uso de hormônios masculinos anabolizantes, por exemplo, tem como efeito adverso a aceleração desse processo de afinamento dos fios. Além disso, muitos estudos têm apontado que homens que apresentam uma combinação de fatores de risco como sobrepeso, tabagismo, pressão alta entre outros, tendem a ter uma calvície mais avançada do que os outros homens.

É possível reverter a calvície?

Sim. Em casos iniciais/moderados é possível reverter o processo da calvície parcial ou até completamente.

Captura de Tela 2022-07-08 às 18.17.45.png

Existe tratamento para calvície? O tratamento funciona? É eficaz?

Sim, tratamento para calvície funciona. É importante observar que alguns fatores serão chave para o sucesso do tratamento

  1. Grau da calvície: Quanto mais avançado for a perda de cabelo, pior será a resposta. O oposto é verdade: Quanto mais inicial é o quadro clínico, maior será o grau de recuperação dos fios.

  2. Escolha do tratamento correto: apesar de existirem diversos produtos nos mercados que prometem reverter a queda de cabelo, o tratamento deve se basear nas medicações que tem eficácia comprovada através de estudos clínicos. Converse com seu dermatologista.

  3. Uso correto e contínuo do tratamento: A resposta inicial é observada com 3 a 6 meses de uso das medicações. Para o sucesso terapêutico, é essencial que o paciente use o tratamento de forma regular, conforme prescrito pelo seu dermatologista.

Quais são os tratamentos para a calvície masculina?

Atualmente existem diversos procedimentos realizados em consultório (ex: mesoterapia, MMP, microagulhamento) que auxiliam no tratamento da calvície. Clique aqui e saiba mais sobre esses procedimentos. No entanto, o uso regular das medicações prescritas pelo dermatologista é fundamental para o sucesso do tratamento no longo prazo. Existem tratamentos utilizados por via tópica e oral. Converse com seu dermatologista.

Quer saber mais sobre calvície (alopecia androgenética?) Clique aqui!