Bactérias… e alopecia areata! Qual a relação?

May 28, 2019

Novo estudo demonstra mudanças da flora bacteriana de pacientes com alopecia areata.

 

Diversos estudos publicados já demonstraram a relação entre o desequilíbrio da flora bacteriana (conjunto de bactérias que normalmente habitam nosso corpo) e o desenvolvimento de doenças cutâneas.

 

Recentemente, o papel de alterações da flora bacteriana do couro cabeludo no desenvolvimento de doenças dos cabelos e couro cabeludo tem sido discutido.

 

Um estudo envolvendo pesquisadores italianos e americanos investigou as diferenças entre a população de bactérias no couro cabeludo de pacientes com alopecia areata e indivíduos saudáveis.

 

O resultado do estudo é que de fato parece haver um desequilíbrio da microbiota de pacientes com alopecia areata. Os pesquisadores identificaram que ao passo que existe aumento de uma bactéria chamada Propionibacterium acnes nestes pacientes, também existe redução na população de outro tipo de bactéria normalmente encontrada em nosso couro cabeludo, a Staphylococcus epidermidis.

 

Esse estudo científico demonstra, pela primeira vez, alterações na população de bactérias em indivíduos com alopecia areata; abrindo um novo campo de pesquisa nessa condição.

 

Quer saber mais sobre alopecia areata? Clique aqui!

 

Referência:

Scalp bacterial shift in Alopecia areata

Please reload

Posts Recentes
Dr. Rodrigo Pirmez
Please reload

Arquivo
Tags

October 17, 2019

October 13, 2019

Please reload

CRM 5289677-2 | RQE 21413

Pirmez Dermatologia

Rua Visconde de Pirajá 330, sala 712, Rio de Janeiro, RJ    |    Tel 21 2018-2180    |    21 99284-4518 

 

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon