Alopecia areata e câncer de pele: existe relação?


Um estudo americano recém-publicado avaliou a incidência de diferentes tipos de câncer de pele em pacientes com alopecia areata; doença autoimune caracterizada pela perda dos cabelos e pelos do corpo.


O estudo avaliou o histórico médico de 563 pacientes com diagnóstico de alopecia areata e comparou os dados com os de pacientes não acometidos pela doença.


A pesquisa revelou que as incidências de câncer de pele tipo não-melanoma (carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular) e do melanoma são menores nos pacientes com alopecia areata do que na população em geral.


Os autores do estudo opinam que dois motivos poderiam explicar esses resultados: 1) o estado hiper-imune dos pacientes com alopecia areata atuaria como fator protetor contra os tipos de câncer estudados; 2) Pacientes com alopecia areata se consultam frequentemente com dermatologistas e poderiam por isso ter maior consciência da importância da proteção solar.


Os pesquisadores observam que estudos maiores são necessários para confirmar esses dados.


Referência:

Risk of sun-induced skin cancers in patients with alopecia areata, alopecia totalis and alopecia universalis

Dr. Rodrigo Pirmez
CRM 5289677-2 | RQE 21413
Posts Recentes
Arquivo
Tags

Pirmez Dermatologia

Rua Visconde de Pirajá 330, sala 712, Rio de Janeiro, RJ    |    Tel 21 2018-2180    |    21 99284-4518