Posts em Destaque
Publicações recentes 

Mesoterapia: ótimos resultados no tratamento da calvície

Estudo utilizou mesoterapia no tratamento da calvície com ótimos resultados A alopecia androgenética (calvície) é um dos tipos mais comuns de queda de cabelo. Medicações disponíveis para o tratamento da alopecia androgenética masculina incluem o minoxidil tópico e a finasterida oral. A resposta aos tratamentos disponíveis é individual e em alguns casos pode ser limitada. Com isso, tratamentos adicionais podem ser indicados pelo médico dermatologista. A mesoterapia capilar (ou intradermoterapia) é uma técnica que consiste na aplicação de ativos através de múltiplas injeções intradérmicas no local afetado. Publicação médica recente relatou o caso de paciente que após dois anos de tratamento me

Dutasterida para o tratamento da calvície

Novo estudo indica que dutasterida é mais eficaz que finasterida para o tratamento da calvície masculina A alopecia androgenética (calvície) é caracterizada pela rarefação progressiva dos cabelos. O principal mecanismo desta condição de baseia na conversão do hormônio testosterona em outro, conhecido como DHT. É este hormônio que em última análise levará ao afinamento dos fios. Essa conversão é mediada pela enzima 5-alfa-redutase, um dos principais alvos do tratamento da calvície. A finasterida, medicação usada há muitos anos no tratamento da calvície, é capaz de inibir a atividade desta enzima, reduzindo a produção de DHT. Com isso existe interrupção do processo e muitas vezes reversão do q

Bactérias… e alopecia areata! Qual a relação?

Novo estudo demonstra mudanças da flora bacteriana de pacientes com alopecia areata. Diversos estudos publicados já demonstraram a relação entre o desequilíbrio da flora bacteriana (conjunto de bactérias que normalmente habitam nosso corpo) e o desenvolvimento de doenças cutâneas. Recentemente, o papel de alterações da flora bacteriana do couro cabeludo no desenvolvimento de doenças dos cabelos e couro cabeludo tem sido discutido. Um estudo envolvendo pesquisadores italianos e americanos investigou as diferenças entre a população de bactérias no couro cabeludo de pacientes com alopecia areata e indivíduos saudáveis. O resultado do estudo é que de fato parece haver um desequilíbrio da microbi

Calvície: associação de tratamentos gera melhores resultados

A alopecia androgenética (calvície) é um dos tipos mais comum de queda de cabelo e afeta tanto homens como mulheres. Um novo trabalho demonstrou que o afinamento dos fios (processo conhecido como miniaturização) não é o único responsável pela rarefação dos cabelos no couro cabeludo. O aumento do número de folículos vazios também é responsável pela rarefação que observamos no couro cabeludo. Por esse motivo, a associação de tratamentos com diferentes mecanismos de ação é sempre importante para se obter melhores resultados na alopecia androgenética. Quer saber mais sobre alopecia androgenética? Clique aqui! Saiba mais sobre tratamentos disponíveis para queda dos cabelos: Clique aqui Referência

Sono e alopecia areata... qual a relação?

Nova publicação científica aborda a relação pouco explorada entre qualidade de sono e alopecia areata, doença autoimune caracterizada pela queda dos cabelos e, em alguns casos, pelos do corpo. Apesar de a evidência científica sobre essa relação ainda ser limitada, estudo recente analisou dados de milhares de pacientes e encontrou que pacientes com distúrbios do sono, particularmente esses com menos de 45 anos de idade, possuíam maior risco de desenvolver a alopecia areata. A potencial relação entre o sono e o sistema imunológico é complexa e ainda não completamente compreendida. No caso da alopecia areata e outras condições dermatológicas essa relação possivelmente é bidirecional: Tais condi

Dr. Rodrigo Pirmez
CRM 5289677-2 | RQE 21413
Posts Recentes
Arquivo
Tags

Pirmez Dermatologia

Rua Visconde de Pirajá 330, sala 712, Rio de Janeiro, RJ    |    Tel 21 2018-2180    |    21 99284-4518