Posts em Destaque
Publicações recentes 

Novo tratamento para queda de cabelo crônica

A queda excessiva de cabelo que persiste por mais de 6 meses é conhecida como eflúvio telógeno crônico. Este tipo de queda de cabelo pode ser primária, ou seja, causada por uma alteração do próprio ciclo capilar; ou secundária a diferentes fatores; sendo portanto sempre necessária a avaliação médica. No eflúvio telógeno crônico primário existe uma alteração na duração da fase de crescimento do cabelo e estes caem antes do esperado. Mulheres entre 30 e 50 anos de idade são as mais afetadas. Outras características clínicas observadas são a redução da densidade dos cabelos na região das têmporas, afinamento do rabo de cavalo e, em algumas pacientes, sensibilidade aumentada no couro cabeludo. U

Minoxidil oral em baixas doses no tratamento da calvície feminina

A alopecia androgenética feminina, ou calvície feminina, é caracterizada pelo afinamento dos cabelos e redução do volume especialmente no topo do couro cabeludo. A percepção pela paciente de aumento da queda dos fios também pode acompanhar o quadro clínico. Um estudo populacional com 700 mulheres mostrou que a calvície feminina pode afetar até 12% das mulheres entre 20-29 anos de idade. Já em mulheres acima de 80 anos, esse percentual sobre para 57%. Inicialmente, a calvície é reversível. No entanto, em casos de doença avançada, o quadro clínico pode ser irreversível; ressaltando a necessidade de se iniciar o tratamento de maneira precoce. O minoxidil aplicado por via tópica foi aprovado par

Tofacitinib tópico: novo estudo avalia uso na Alopecia Areata

Um número crescente de publicações avalia o uso de medicações da classe dos “inibidores da Janus kinase (JAK)” para o tratamento da alopecia areata. Estudos anteriores (clique aqui e veja o post... e este também!) já haviam sugerido o benefício dessas medicações quando utilizadas por via tópica, possivelmente com menor risco de efeitos colaterais em comparação com seu uso sistêmico. Novo estudo americano avaliou o uso do tofacitinib tópico em 10 pacientes com alopecia areata que foram acompanhados por 6 meses. Apenas 1 paciente apresentou repilação significativa enquanto dois pacientes apresentaram repilação parcial. Nesse estudo, o resultado foi inferior aos obtidos em publicações prévias

Microagulhamento no tratamento da alopecia areata?

O microagulhamento é um procedimento minimamente invasivo no qual pequenas agulhas são passadas sobre a superfície cutânea. Já existem evidências em relação a eficácia da técnica no tratamento da alopecia androgenética (calvície). Em artigo científico recente, autores revisaram a literatura médica sobre o uso do microagulhamento (microneedling) em pacientes com alopecia areata, doença de caráter auto-imune que mais comumente gera pequenas falhas nos cabelos, mas que em alguns casos leva a perda de todos os cabelos e pelos do corpo. Evidências obtidas a partir de estudos em animais sugerem que o método leva a liberação de fatores de crescimento que permitem o desenvolvimento e o correto funci

Dr. Rodrigo Pirmez
CRM 5289677-2 | RQE 21413
Posts Recentes
Arquivo
Tags

Pirmez Dermatologia

Rua Visconde de Pirajá 330, sala 712, Rio de Janeiro, RJ    |    Tel 21 2018-2180    |    21 99284-4518