Posts em Destaque
Publicações recentes 

Tofacitinib em adolescentes com alopecia areata

Estudo divulgado esse mês avaliou o uso do inibidor da JAK Tofacitinib em 13 pacientes entre 12-17 anos de idade com alopecia areata. Os efeitos adversos da medicação foram considerados leves e incluíram dor de cabeça, infecções de vias aéreas superiores e alterações laboratoriais, os quais normalizaram sem necessidade de interrupção do tratamento. A alta taxa de resposta, que chegou a 70%, sugere o potencial desta medicação no tratamento de adolescentes com alopecia areata. Referência Tofacitinib for the treatment of alopecia areata and variants in adolescents.

Novo estudo avalia uso de tofacitinib em pacientes com alopecia areata

Estudo recente avaliou uso do tofacitinib em pacientes com alopecia areata. A medicação foi utilizada como monoterapia ou em associação a corticoides sistêmicos e levou ao crescimento dos cabelos em 77% dos pacientes. Trinta e nove por cento apresentaram mais de 50% de recuperação dos fios. Repilação completa foi observada em 20% dos participantes Os resultados são animadores, já que 86% dos pacientes do estudo apresentavam alopecia areata total ou universal, subtipos da alopecia areata que costumam apresentar maior dificuldade terapêutica. Efeitos adversos graves não foram observados. Referência: Tofacitinib for the treatment of severe alopecia areata and variants: A study of 90 patients

Entrevista sobre Alopecia Areata com Dr. Rodrigo Pirmez

Confira a entrevista do Dr. Rodrigo Pirmez para o Canal Saúde - Fiocruz. Na entrevista, Dr. Rodrigo Pirmez explica sobre a alopecia areata, seus diferentes subtipos, prognóstico e tratamento.

Dr. Rodrigo Pirmez
CRM 5289677-2 | RQE 21413
Posts Recentes
Arquivo
Tags

Pirmez Dermatologia

Rua Visconde de Pirajá 330, sala 712, Rio de Janeiro, RJ    |    Tel 21 2018-2180    |    21 99284-4518